Editais Abertos Agências de Fomento

Agências de Fomento à Pesquisa

As agências de fomento têm como objeto social a concessão de financiamento de capital fixo e de giro associado a projetos na Unidade da Federação onde tenham sede”. Geralmente são órgãos governamentais que financiam as pesquisas cientificas e tecnológicas, que visam o desenvolvimento do país (através de auxílios para compra de equipamentos e material de consumo, ou bolsas para alunos em diversos níveis de formação).

FAPEMA

A Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), vinculada à Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), foi instituída pela Lei Complementar n° 060, de 31 de janeiro de 2003. Seu objetivo é promover o desenvolvimento humano por meio de pesquisa cientifica e de inovação tecnológica, atendendo as demandas do setor produtivo e da sociedade em geral.

Por meio de sua atuação a fundação contribui para a formação e fixação de talentos humanos, com ações que resultem no fortalecimento da ciência e de suas aplicações, em todos os níveis do conhecimento.

CAPES

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), fundação do Ministério da Educação (MEC), desempenha papel fundamental na expansão e consolidação da pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em todos os estados da Federação.

As atividades da Capes podem ser agrupadas nas seguintes linhas de ação, cada qual desenvolvida por um conjunto estruturado de programas:

- avaliação da pós-graduação stricto sensu;

- acesso e divulgação da produção científica;

- investimentos na formação de recursos de alto nível no país e exterior;

- promoção da cooperação científica internacional;

- indução e fomento da formação inicial e continuada de professores para a educação básica nos formatos presencial e a distância.

CNPQ

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), agência do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), tem como principais atribuições fomentar a pesquisa científica e tecnológica e incentivar a formação de pesquisadores brasileiros.

Criado em 1951, desempenha papel primordial na formulação e condução das políticas de ciência, tecnologia e inovação. Sua atuação contribui para o desenvolvimento nacional e o reconhecimento das instituições de pesquisa e pesquisadores brasileiros pela comunidade científica internacional.


Editais abertos:

Banco_da_Amazonia.svg

Clique aqui >> EDITAL PÚBLICO DO BANCO DA AMAZÔNIA OFERTA PATROCÍNIO PARA A REGIÃO AMAZÔNICA

Clique aqui >> EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PATROCÍNIO DO BANCO DA AMAZONIA 2020

Clique aqui >> Link com Arquivo do Edital e Anexos

Clique aqui >> www.bancoamazonia.com.br

O Banco da Amazônia inicia a partir do dia 5 de agosto o período de inscrição para recebimento de proposta para três Editais Públicos de Patrocínios. É uma oportunidade para quem deseja receber patrocínio no ano de 2020. Poderão ser inscritos projetos para a área social, cultural, esportivo, meio ambiente, exposições Agropecuárias, feiras, mostras para o Espaço Cultural e para aqueles amparados pela Lei Rouanet. O período de inscrições será de 05 de agosto a 20 de setembro de 2019, sem possibilidade de prorrogação. O Banco vai destinar mais de R$ 2 milhões em patrocínios para o próximo ano.


CNPq_transparente

Clique aqui >> Chamada CNPq/Ministério da Cidadania Nº 20/2019 – Desenvolvimento de Cursos de Capacitação para Agentes de Políticas Sociais

A presente chamada pública tem por objetivo selecionar propostas para apoio financeiro a projetos que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico do país. As propostas devem observar as condições específicas estabelecidas na parte II – Regulamento, anexo a esta chamada pública, que determina os requisitos relativos ao proponente, cronograma, recursos financeiros a serem aplicados nas propostas aprovadas, origem dos recursos, itens financiáveis, prazo para execução dos projetos, critérios de elegibilidade, critérios e parâmetros objetivos de julgamento e demais informações necessárias

Inscrições:

10/09/2019 a 25/10/2019


CNPq_transparenteClique aqui >> Chamada CNPq/Ministério da Cidadania nº30/2019 – Estudos e Pesquisa em Avaliação de Políticas Sociais

Essa chamada visa apoiar o desenvolvimento de pesquisas e estudos relacionados com ações, planos e programas sob responsabilidade do Ministério da Cidadania, a serem executados por pesquisadores vinculados a Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT).

Inscrições:

  • 12/09/2019 a 29/10/2019

CNPq_transparente

 
- Lançadas cinco chamadas públicas para o investimento em pesquisas para o SUS
Decit/MS investe 45,2 milhões de reais para o desenvolvimento de projetos em diferentes áreas da saúde
O Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Ciência e Tecnologia, vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde, investe 45,2 milhões de reais em cinco chamadas públicas em temas variados para a saúde. O financiamento divide-se em doenças raras, alimentação e nutrição, cuidados à pessoa com deficiência doenças transmissíveis e negligenciadas e uma específica para malária.
“As linhas de pesquisa elencadas nas chamadas públicas atendem as necessidades da Agenda de Prioridades de Pesquisa do Ministério da Saúde. Este documento foi construído para alinhar as prioridades atuais de saúde com as atividades de pesquisa científica, tecnológica e inovação e direcionar os recursos disponíveis para investimento em temas estratégicos para o SUS. A construção da agenda foi realizada em um processo participativo envolvendo todas as sete Secretarias do Ministério da Saúde”, destacou Camile Giaretta Sachetti, Diretora do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit/SCTIE/MS).

Chamada pública: Chamada CNPq/MS/SCTIE/DECIT Nº 25/2019 – INQUÉRITO SOBRE PERFIL DE DOENÇAS RARAS NO BRASIL
Investimento: R$ 3,5 milhões

Chamada pública: Chamada CNPq/MS-SCTIE-Decit/ Fundação Bill e Melinda Gates Nº 23/2019 – Pesquisas de prevenção, detecção e combate à Malária

Investimento: R$ 10,2 milhões


Chamada pública: Chamada CNPq/MS-SCTIE-Decit Nº 22/2019 – PESQUISAS SOBRE DOENÇAS TRANSMISSÍVEIS E NEGLIGENCIADAS

Investimento: R$ 24 milhões


Chamada pública: Chamada MS-SCTIE-Decit /CNPq Nº 26/2019  – Pesquisas em Alimentação e Nutrição

Investimento: R$ 4,5 milhões


Chamada pública: Chamada CNPq/MS/SCTIE/Decit Nº 27/2019  – Pesquisas para fortalecimento dos objetivos e diretrizes da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS)

Investimento: R$ 3 milhões

_____
Total: R$ 45,2 milhões

“Queremos soluções práticas. Esse é um recurso destinado às pesquisas sobre doenças que interessam ao SUS. Buscamos soluções focadas em produtos dos quais o Brasil precisa, sobre as nossas doenças, nossa realidade”, afirma o Secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde, Denizar Vianna Araújo.

Ao fim da execução das pesquisas contempladas, os resultados serão apresentados aos gestores do Ministério da Saúde para que aprimorem as políticas públicas e que a sociedade tenha acesso a novas tecnologias em saúde.
Podem concorrer ao edital pesquisadores com o título de doutor ou livre docência e que sejam vinculados a Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação. As propostas a serem financiadas na chamada deverão ter o seu prazo máximo de execução de três anos.
Todas as chamadas terão acompanhamento em três fases pelo Departamento de Ciência e Tecnologia visando o monitoramento e a avaliação dos projetos para que melhor atendam os interesses do SUS.
As chamadas estão disponíveis na plataforma do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), parceiro do Ministério da Saúde.
Para ter acesso aos editais, acesse o site: http://www.cnpq.br/web/guest/chamadas-publicas

CNPq_transparenteClique aqui : Chamada CNPq/MCTIC Nº 18/2019 – Programa Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias – SisNANO 2.0 

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC, por meio da Coordenação- Geral de Desenvolvimento e Inovação em Tecnologias Estratégicas – CGTE do Departamento de Tecnologias Estruturantes – DETEC da Secretaria de Empreendedorismo e Inovação – SEMPI tornam pública a presente Chamada e convidam os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui estabelecidos.
 – Objeto
Selecionar laboratórios que integrarão a segunda fase do Programa Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias – SisNANO 2.0.
– Objetivo Geral
A presente Chamada tem por objetivo selecionar os laboratórios que irão integrar a segunda fase do Programa Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias (SisNANO), instituído pela Portaria MCTI N° 245 de 5 de abril de 2012, que foi alterada pela Portaria MCTIC N° 2.376, de 16 de maio de 2019, e sua regulamentação pela Instrução Normativa MCTIC N° 11, de 02 de agosto de 2019. O Programa SisNANO tem como característica principal a disponibilização de infraestrutura laboratorial multiusuária e de acesso aberto a usuários públicos e privados para pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) em nanotecnologias, mediante submissão de projetos ou requisição de serviços.

Data limite para submissão das propostas – 11/10/2019


CNPq_transparenteClique aqui >> Chamada CNPq/MCTIC Nº 16/2019 Projetos de P,D&I de soluções tecnológicas para a agricultura utilizando ferramentas da biotecnologia e/ou bioinformática

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq torna pública a presente Chamada e convida os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui
estabelecidos.
1 – Objeto
Apoiar projetos de P,D&I para agricultura com foco no desenvolvimento de soluções tecnológicas e inovação agronômica utilizando ferramentas da biotecnologia e bioinformática.
1.1 – São objetivos desta chamada:
1.2 – Apoiar projetos de pesquisa nos seguintes temas:
a. desenvolvimento de novos genótipos de mandioca e feijoeiro com resistência à doenças e pragas;
b. melhoramento genético de fruteiras e florestas plantadas para tolerância a estresses ambientais;
c. apoiar projetos de melhoramento genético acelerado de Plantas Alimentícias Não Convencionais – PANCs.

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global de R$1.170.000,00 (um milhão, cento e setenta mil reais), em Custeio e Bolsa, oriundos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, a ser(em) liberado(s) em única parcela, de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira no CNPq.

Inscrições:
  • 31/07/2019 a 16/09/2019

CNPq_transparente Clique aqui >> CHAMADA CNPq/MCTIC Nº 11/2019 – FEIRAS DE CIÊNCIAS E MOSTRAS CIENTÍFICAS

  O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC, por meio da Coordenação
Geral de Popularização da Ciência – CGPC da Assessoria Especial de Assuntos Institucionais – AEAI, tornam pública a presente Chamada e convidam os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui estabelecidos.
1 – Objeto
Apoiar eventos que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do País, por meio da realização de Feiras de Ciências e Mostras Científicas em âmbito nacional, estadual/distrital e municipal, como instrumentos de popularização da ciência.

 2 CRONOGRAMA

FASES DATA
Lançamento da Chamada no Diário Oficial da União e na página do CNPq 16/07/2019
Prazo para impugnação da Chamada 26/07/2019
Data limite para tirar dúvida por email 20/08/2019
Data limite para submissão das propostas 30/08/2019
Julgamento 09/2019
Divulgação do Resultado preliminar do julgamento no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 07/10/2019
Prazo para interposição de recurso administrativo do resultado preliminar do julgamento 17/10/2019
Divulgação Final das propostas aprovadas no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 29/11/2019
Contratação das propostas A partir de02/12/2019

 


CNPq_transparenteClique aqui >> CHAMADA CNPq/MCTIC Nº 09/2019 – SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA  – SNCT_2019

 O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC tornam pública a presente Chamada e convidam os interessados a apresentarem suas propostas, nos termos aqui estabelecidos.
1 OBJETO
Apoiar projetos de eventos de divulgação e popularização da ciência, que visem contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico no País, por meio da realização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT 2019. Os eventos, em todas as Unidades Federativas do país, deverão ter abrangência municipal, estadual/distrital e/ou regional e deverão desenvolver o tema “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para Desenvolvimento Sustentável”.

2 CRONOGRAMA

FASES DATA
Lançamento da Chamada no Diário Oficial da União e na página do CNPq 08/07/2019
Prazo para impugnação da Chamada    18/07/2019
Data limite para submissão das propostas 22/08/2019
Análise dos critérios de elegibilidade pela área técnica do CNPq 23 a 30/08/2019
Julgamento 02 a 06/09/2019
Divulgação do resultado preliminar do julgamento no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 10/09/2019
Prazo para interposição de recurso administrativo do resultado preliminar do julgamento 20/09/2019
Divulgação final das propostas aprovadas no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 26/09/2019

 


CNPq_transparente

CHAMADA CNPq Nº 04/2019 – Auxílio à Promoção de Eventos Científicos, Tecnológicos e/ou de Inovação – ARC

Clique aqui >> CHAMADA CNPq N.º 04/2019

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq torna pública a presente Chamada e convida os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui estabelecidos.
- Objeto
Apoiar a realização no País de eventos relacionados a ciência, tecnologia e/ou inovação.
∗ Esta chamada tem por objetivo apoiar a realização no Brasil de eventos de abrangência mundial, internacional, nacional ou regional relacionados a ciência, tecnologia e inovação, tais como congressos, simpósios, workshops, seminários, ciclos de conferências e outros eventos similares, promovidos por sociedades ou associações científicas e/ou tecnológicas.

Cronograma
A submissão das propostas ocorrerá em dois cronogramas de acordo com o período de
realização do evento.

CRONOGRAMA 1:
a) Para eventos da LINHA 1 – Eventos mundiais que serão realizados no período de 01/07/2019
a 30/06/2020; e
b) Para eventos da LINHA 2 – Eventos Nacionais ou Internacionais e da LINHA 3 – Eventos
Regionais ou que estejam em suas primeiras edições que serão realizados no período de
01/07/2019 a 31/12/2019;
CRONOGRAMA 2:
a) Para eventos da LINHA 1 – Eventos mundiais que serão realizados no período de 01/07/2020
a 30/06/2021;
b) Para eventos da LINHA 2 – Eventos nacionais ou internacionais e da LINHA 3 – Eventos
regionais ou que estejam em suas primeiras edições que serão realizados no período de
01/01/2020 a 30/06/2020;

Etapas DATAS
Lançamento da Chamada no Diário Oficial da União e na página do CNPq 27/03/2019
Prazo para impugnação da Chamada 05/04/2019
Cronograma 1
Data limite para submissão das propostas 10/05/2019
Julgamento 27 a 31/05/2019
Divulgação do Resultado preliminar do julgamento no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 10/06/2019
Prazo para interposição de recurso administrativo do resultado preliminar do julgamento 20/06/2019
Divulgação Final das propostas aprovadas no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 30/06/2019
Cronograma 2
Início da Submissão das propostas 13/05/2019
Data limite para submissão das propostas 26/06/2019
Julgamento 07 a 18/10/2019
Divulgação do Resultado preliminar do julgamento no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 08/11/2019
Prazo para interposição de recurso administrativo do resultado preliminar do julgamento 18/11/2019
Divulgação Final das propostas aprovadas no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 30/11/2019

CNPq_transparente

CHAMADA MCTIC/CNPq Nº 05/2019 – PROGRAMA CIÊNCIA NA ESCOLA – Ensino de Ciências na Educação Básica

Clique aqui >> CHAMADA MCTIC/CNPq N.º 05/2019

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq tornam pública a presente Chamada e convidam os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui estabelecidos.
– Objeto
Constitui objeto desta Chamada o apoio a projetos que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação do País, na temática do ensino de ciências na educação básica, em consonância com o Objetivo do Desenvolvimento Sustentável – ODS 4: Educação de Qualidade.
1 – O objetivo desta chamada é financiar projetos de pesquisa, intervenção e avaliação, nas diversas áreas do conhecimento, em questões relacionadas ao ensino de ciências na educação básica (anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio) das redes públicas de ensino, no âmbito do Programa Ciência na Escola.
2 – Os projetos a serem financiados nesta Chamada poderão versar sobre o ensino de qualquer uma das disciplinas que fazem parte do currículo escolar dos anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, devendo privilegiar o letramento científico, o uso de abordagens investigativas e de metodologias ativas de ensino, a aproximação entre as Instituições de Ensino Superior (IES) e as Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICT) com as escolas públicas, a disseminação dos métodos científicos das diferentes áreas do conhecimento, a integração entre as disciplinas e o despertar da vocação dos alunos e professores da educação básica para as carreiras científicas.

Inscrições:
  • 11/04/2019 a 27/05/2019
  • 06/07/2020 a 20/08/2020

 – Cronograma

A submissão das propostas ocorrerá em dois cronogramas, de acordo com a Linha de apoio escolhida.

1. Cronograma 1:

a) Para os projetos da Linha 1 – Pesquisa sobre o ensino de ciências na educação básica e da Linha 2 – Ações de intervenção em escolas de educação básica com foco em ensino de ciências;

Etapas DATAS
Lançamento da Chamada no Diário Oficial da União e na página do CNPq 09/04/2019
Início da Submissão das propostas 11/04/2019
Prazo para impugnação da Chamada 22/04/2019
Cronograma 1 – Linhas 1 e 2
Data limite para submissão das propostas 27/05/2019
Julgamento 24 a 28/06/2019
Divulgação do Resultado preliminar do julgamento no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 05/07/2019
Prazo para interposição de recurso administrativo do resultado preliminar do julgamento 15/07/2019
Divulgação Final das propostas aprovadas no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 12/08/2019

 

2. Cronograma 2:
a) Para os projetos da Linha 3 – Estudos avaliativos sobre o Programa Ciência na Escola.

Cronograma 2 – Linha 3

Início da Submissão das propostas 06/07/2020
Data limite para submissão das propostas 20/08/2020
Julgamento 21 a 25/09/2020
Divulgação do Resultado preliminar do julgamento no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 02/10/2020
Prazo para interposição de recurso administrativo do resultado preliminar do julgamento 13/10/2020
Divulgação Final das propostas aprovadas no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet 16/11/2020

 


logo_capes

PROGRAMA CAPES-FCT
EDITAL Nº 22/2019

A CAPES abriu seleção para financiar dez projetos de pesquisa conjunta de estudantes do Brasil e Portugal. Publicado nesta sexta-feira, 27, o Edital nº 22/2019 trata do Programa CAPES-FCT, que disponibilizará até R$ 3.280.100,00 para estudos das seguintes áreas do conhecimento: Ciências do Espaço, Ciências do Mar, Alterações Climáticas, Inteligência Artificial, Computação Avançada e Medicina Oncológica.

Cada projeto receberá até R$ 328.010,00. Por ano, serão R$ 40 mil para custeio de até duas missões de trabalho, R$ 10 mil para os recursos de manutenção de projeto e R$ R$ 278.010,00 para bolsas. O apoio financeiro será repassado ao longo da vigência do projeto.

O objetivo do Programa é fortalecer a cooperação entre as instituições de ensino superior (IES) e de pesquisa dos dois países, fomentar o intercâmbio científico entre grupos de pesquisa e desenvolvimento de ambas as nações e a mobilidade de professores e estudantes de pós-graduação no nível de doutorado.

Processo de seleção
Os critérios de participação para cada modalidade (doutorado-sanduíche, pós-doutorado e professor visitante júnior e sênior) e para comprovar o nível de proficiência em língua estrangeira estão especificados no edital. As inscrições se encerram em 29 de outubro.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES


logo_capes

 PROGRAMA DE COOPERAÇÃO ESTRATÉGICA COM O SUL GLOBAL COOPBRASS

Clique aqui >> EDITAL CAPES/COOPBRASS N.º 05/2019

 O presente Edital selecionará projetos conjuntos de pesquisa no âmbito do Programa de Cooperação Científica Estratégica com o Sul Global/COOPBRASS, para fomentar o intercâmbio científico e a mobilidade acadêmica entre Instituições de Ensino Superior (IES) ou Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICT) brasileiras, sejam públicas ou privadas sem fins lucrativos, que possuam programas de pós-graduação em nível de doutorado com nota igual ou superior a quatro na Avaliação Quadrienal 2017 e Instituições similares sediadas em países em desenvolvimento com o qual o Brasil mantenha Acordo ou Memorando de Entendimento na área de Cooperação Educacional, Cultural ou de Ciência e Tecnologia.

- OBJETIVOS

1. Expandir o conhecimento científico por meio da colaboração com o Sul Global.

2. Estimular a formação de redes de pesquisa sustentáveis a médio e a longo prazo e apoiar as já existentes entre o Brasil e os países parceiros do Sul Global.
3. Aprimorar a qualidade da produção acadêmica vinculada à pós-graduação.
4.  Contribuir para a busca de soluções de problemas e, simultaneamente, promover a transferência de conhecimentos que sustentem o desenvolvimento científico e tecnológico.
5. Estabelecer parcerias institucionais em todas as áreas do conhecimento, considerando as vocações, as prioridades ou as potencialidades das instituições envolvidas no Brasil e no exterior.
6. Integrar outras ações de fomento da Capes no esforço de promover a cooperação científica internacional.

Atividade Prevista Período/Data Período/Data
Inscrição das propostas, incluindo preenchimento do formulário de inscrição de projetos online e envio da documentação obrigatória. De 1º de abril até as 18h do dia 31 de maio de 2019 (horário oficial de Brasília).
Publicação da relação das inscrições recebidas. Até cinco dias úteis após o encerramento das inscrições.
Interposição do recurso administrativo nas etapas de avaliação das propostas e após a divulgação do resultado. Em até três dias úteis após a comunicação realizada pela Capes.
Avaliação das propostas. Até 30 de setembro de 2019.
Divulgação do resultado. Até 31 de outubro de 2019.
Início das atividades dos projetos. A partir de janeiro de 2020.

logo_capes

 PROPOSTAS DE EVENTOS CIENTÍFICOS NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE APOIO A EVENTOS NO PAÍS – PAEP

Clique aqui >> EDITAL Nº 7/2019

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, instituída como fundação pública pela Lei nº 8.405, de 9 de janeiro de 1992, inscrita no CNPJ sob nº 00.889.834/0001-08, com sede no Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 6, Bloco L, Brasília, DF, CEP 70.040-020, por meio de sua Diretoria de Programas e Bolsas no País – DPB, no uso de suas atribuições, torna pública a presente chamada e convoca os interessados a apresentarem propostas de projetos de eventos científicos e tecnológicos no âmbito do Programa de Apoio a Eventos no País – PAEP, conforme as condições a seguir estabelecidas e observado o disposto na Lei nº 8.666/1993, Lei nº 9.784/1999 e na Portaria CAPES nº 59/2013, no que couber

- OBJETIVO GERAL

1. A presente chamada tem por objetivo selecionar propostas para apoio financeiro à realização de eventos de caráter científico e tecnológico de curta duração no país, com envolvimento de pesquisadores, docentes e discentes dos programas de pós-graduação.

2. As propostas devem observar os requisitos relativos aos proponentes, à Instituição Executora, às condições do evento, aos critérios e parâmetros de análise técnica e de análise de mérito, ao processo de homologação, à concessão dos recursos financeiros, à utilização dos recursos repassados, ao prazo de vigência e ao procedimento de prestação de contas.

- OBJETIVOS ESPECÍFICOS

∗ O PAEP tem como objetivos específicos:

a) apoiar a divulgação da produção científica e tecnológica incentivando a inovação e a geração de conhecimentos, de parcerias e de produtos;

b) promover a melhoria da qualidade da produção científica e tecnológica nacional;

c) fortalecer a cooperação científico-acadêmica por meio de eventos destinados à pós-graduação e parceiros internacionais;

d) incentivar a integração entre docentes, pesquisadores e discentes de pós-graduação.

ATIVIDADES DATAS
Início das Inscrições online 11/4/2019
Data limite para submissão das propostas 15h59m59s do dia 14/5/2019
Divulgação do resultado preliminar a partir de 19/6/2019
Divulgação do resultado final a partir de 9/7/2019

IMG-20190509-WA0020fap

 

 APOIO À DIFUSÃO DE AMBIENTE DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIA DIGITAL NO ESTADO DO MARANHÃO – STARTUPS

 ENCERRADO
 O Governo do Estado do Maranhão e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação – SECTI, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão – FAPEMA, com o objetivo de apoiar projetos de base tecnológica com potencial de escalabilidade e replicabilidade através da Linha de Ação “Mais Inovação” e no âmbito do Programa “Inova Maranhão”, conforme Decreto Estadual n.º 34.648, de 02 de janeiro de 2019, tornam público o lançamento do presente Edital e convidam os interessados a apresentarem suas propostas nos termos aqui estabelecidos.
- OBJETIVOS
∗ Geral
Apoiar projetos voltados para a criação de soluções de base tecnológica com potencial de escalabilidade e replicabilidade por parte de empresas emergentes (doravante denominadas startups), que busquem contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do Estado do Maranhão por meio da aplicação da inovação.
∗ Específicos
a) Fomentar a cultura de inovação e de empreendedorismo, apoiando o surgimento de novos empreendimentos de base tecnológica nas linhas estratégicas: saúde e bem – estar; educação; inovação na Administração Pública; mobilidade e cidades inteligentes; logística e indústria; agroindústria e desenvolvimento de cadeias produtivas; e tecnologias emergentes;
b) Fomentar o desenvolvimento do ecossistema de startups no Maranhão gerando um ambiente propício à multiplicação de iniciativas empreendedoras;
c) Promover atividades econômicas de maior valor agregado e tecnológico;
d) Criar incentivos para atrair e manter no estado os recursos de capital humano gerando oportunidades locais de desenvolvimento.
Atividades Datas
Data limite para inscrição on-line 13/05/2019
Divulgação dos resultados para a 1ª fase A partir de 15/06/2019
Data limite para submissão para a 2ª fase – Resultado parcial A partir de 05/08/2019
Divulgação do Resultado Final A partir de 02/09/2019
Data limite para entrega da documentação impressa Até 05 dias úteis após a divulgação do resultado parcial